Histoire

"Les historiens exercent un grand pouvoir et certains d'entre eux le savent bien. Ils recréent le passé en le modelant selon leur propre interprétation. Ce faisant, ils modifient aussi l'avenir."​

Frank Herbert, Les hérétiques de Dune

Cette section ne prétend pas offrir une "Histoire" détaillée de l'archipel du Cap Vert, mais plutôt d'offrir des pistes de recherche à partir d'un bref historique et d'une bibliographie détaillée.
Attention: Ces bibliographies ne considèrent pas les ouvrages et études générales, mais uniquement les documents qui font directement références à l'archipel du Cap Vert et son histoire.

haut

Généralités

Cette première partie considère l'Histoire capverdienne dans sa globalité, quelques soient les périodes.

Deux éditions sont essentielles pour approcher l'histoire du Cap Vert.
La première a vue le jour entre 1991 et 2005, en trois volumes, édités sous la direction du Prof. Luis Albuquerque (vol. 1) et surtout de la Prof. Maria Emília Madeira Santos (vol. 1-3), grâce au soutien de l'Instituto de investigação científica tropical (IICT) du Portugal et de l'Instituto nacional de investigação cultural (INIC) du Cap Vert, devenu depuis l'Instituto nacional de estudos e pesquisa (INEP).
Il s'agit de L'histoire générale du Cap Vert / História geral de Cabo Verde., dont une version numérisée est disponible en libre accès sur le site memoria-africa.ua.pt.

  • vol. 1, 1991, 523 p. (web)​
  • vol. 2, 1995, 642 p. (web)
  • vol. 3, 2002, 540 p. (web)
Une História concisa de Cabo Verde, résumé des 3 volumes précédents, a été éditée en 2007 par la Prof. Maria Emília Madeira Santos.
Deux volumes de documents annexes, História geral de Cabo Verde: corpo documental, ont également été édités en 1988 et 1990.
On peut retrouver toute l'histoire de la génèse de cette édition complète, rédigée par Maria Manuel Ferraz Torrão, sur le site de l'IICT (web), ainsi que l'impact et les publications attenantes (web).

(vol. 1 - 1991)

(vol. 2 - 1995)

(vol. 3 - 2005)

(concisa - 2007)

(corpo documental I - 1988)

(corpo documental II - 1990)

La seconde édition est celle de Subsídios para a história de Cabo Verde e Guiné (1460-1861), memória apresentada à Academia real das sciencias de Lisboa por Christiano José de Senna Barcellos  (Brava 1854 - 1915), capitão-tenente da Armada, parus pour la première fois sous forme de "fascicules" entre 1899 et 1913.

  • parte I (1460-1640), Lisboa: Typographia da Academia real das sciencias, 1899, 246 p.  (web)
  • parte II (1640-1750), Lisboa: Typographia da Academia real das sciencias, 1900, 305 p.  (web)
  • parte III (1750-1833), Lisboa: Typographia da Academia real das sciencias, 1905, 403 p.  (web)
  • parte IV (1833-1842), Lisboa: Typographia ou Imprensa ?, n/a, 316 p.
  • parte V (1843-1853), Lisboa: Imprensa nacional, 1911, 281 p.
  • parte VI (1853-1861), Lisboa: Imprensa nacional, 1912, 305 p.
  • parte VII (index ?), Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 1913, 106 p.

Il s'agit d'un ouvrage en 7 parties, réédité en 2003 en 4 volumes, 6 parties, sous la direction de Daniel A. Pereira et l'Instituto da Biblioteca nacional e do livro (IBNL) capverdien, avec le soutient de la Banque du Cap Vert (BCV).

  • vol. 1, 12/2003, 539 p.: parte I (1460-1640), parte II (1640-1750) 
  • vol. 2, 12/2003, 394 p.: parte III (1750-1833)
  • vol. 3, 04/2004, 563 p.: parte IV (1833-1842) - parte V (1843-1853)
  • vol. 4, 04/2004, 274 p.: parte VI (1853-1861)
On doit également à Cristiano José de Sena Barcelos:
  • Cabo-Verde: alguns apontamentos sobre as fomes em Cabo-Verde desde 1719 a 1904, Lisboa: Typographia da Cooperativa militar, 1904, 108 p.  (web)
  • Roteiro do archipélago de Cabo Verde, Lisboa: Typographia do Jornal, 1892, 100 p. (web)
Et de nombreux autres livres ou articles (web).

Enfin, on pourra également se référer, pour d'autres ouvrages sur l'Histoire du Cap Vert, au blog de BFM, Livro di tera.

Bibliographie


  • João Paulo Madère, Nação e Identidade - A Singularidade de Cabo Verde, Praia: Livraria Pedro Cardoso, 2018, p. n/a; édition de sa thèse de 2015
  • Gisela Coelho, "Tarrafal, 10 pancadas no carril  estreia a 2 de Dezembro: documentário dá voz ao campo de concentraçõ", A nação: jornal independente, ano X, n° 534 (23/11/2017), p. E5
  • Artur Bento, "Cabo-verdianidade: construindo a ontologia nacional", Revista de estudos cabo-verdianos ​ (Praia), vol. 1 (2016), p. 11-20
  • Nardi Sousa, "Muntu: o outro (lado) esquecido da cabo-verdianidade", Revista de estudos cabo-verdianos  (Praia), vol. 1 (2016), p. 21-38
  • João Paulo Carvalho e Branco Madeira, Nação e identidade: a singularidade de Cabo Verde  (thèse doctorat), Lisboa: ISCSP - Univ. Lisboa, 2015, 241 p.  (web)
  • João Paulo Carvalho e Branco Madeira, "Reflexões sobre a construção da Nação em Cabo Verde", Revista de estudos cabo-verdianos, n° especial (12/2015), p. 87-94  (web)
  • Terza Alice Silva Lima-Neves, "D'nos manera - Gender, Collective Identity and Leadership in the Cape Verdean Community in the United State", Journal of Cape Verdean Studies, vol. 1, n° 1 (04/2015), p. 57-82  (web)
  • Alberto Nunes, Chã das Caldeiras: história, cultura e potencialidades 1912-2014, s.l.: s.n., 2015, 179 p.
  • René Pélissier, Portugal, Afrique, Pacifique: une bibliographie internationale critique: 2005-2015, Orgeval (FR): Editions Pélissier, 2015, 562 p.
  • José Silva Evora, O futuro da arqueologia em Cabo Verde e outras reflexões sobre a história e o património das ilhas, Praia: Edições UniCV, 2015, 296 p.
  • António Correia e Silva, Dilemnas de poder na história de Cabo Verde, Lisboa: Rosa de Porcelana Editora, 2014, 206 p.  (web)
  • Derek Pardue, "The Role of Creole History and Space in Cape Verdean Migration to Lisbon, Portugal", Urban Anthropology, vol. 42(1-2) (2013), p. 95-134  (web)
  • Daniel V. Moser-Léchot, "Von Bern nach den Kapverdischen Inseln: Samuel Brunners Reise nach Senegambien und den Inseln des Grünen Vorgebürgs im Jahre 1838", Berner Zeitschrift für Geschichte, n° 3 (2013), p. n/a
  • David Hopffer Almada, A construção do Estado e a democratização do poder em Cabo Verde, Praia: Artemedia, 2011/13, 183 p.
  • Adilson Filomeno Carvalho Semedo, "Pode-se falar da secularização em Cabo Verde antes da independência nacional? A diferenciação funcional do religioso e do político no período colonial (1462-1975)", e-cadernos ces  (Coimbra), n° 13 (2011), p. 64-82  (web)
  • Gene A. Fisher / Suzanne Model, "Cape Verdean Identity in a Land of Black and White", Sage journals, n° 12(3) (14/11/2011), p. 354-379  (web)
  • José Silva Évora, A Praia de 1850 a 1860: o porto, o comércio e a cidade, Praia: Instituto do arquivo histórico nacional, 2009, n/a p.  (coll. Estudos e pesquisas)
  • António Manuel Ramos, Conflitos de identidades em Cabo Verde: análises dos casos de Santiago e São Vicente  (dissertação de mestrado), Porto: Universidade do Porto, 2009, n/a p.
  • Hilarino Carlos Rodrigues de Luz, "A reconstituição histórica das ilhas de Cabo Verde a partir da poesia de Jorge Barbosa", Callema, n° 6 (05/2009), p. 44-49
  • Rita de Cássia Silva dos Santos Ramos, Património e memória. Etudo de caso: a ilha de Santiago, Cabo Verde  (dissertação de mestrado), Lisboa: Universidade de Lisboa, 2009, 113 p.  (web)
  • João Paulo Oliveira e Costa, Anais de História de Além-Mar, n° 9, Lisboa: Ponta Delgada / CHAM,  2008, 537 p.  (web)
  • Laurie La Porte, The Continuities of Modernity. Cape Verdean Identity and Emigration  (thèse doctorat), Boston: Boston University, 2007, n/a p.
  • António Leão Correia e Silva, Os ciclos históricos da inserção de Cabo Verde na economia atlântica: o caso das cidades-porto (Ribeira Grande e Mindelo)  (tese de doutoramento), Lisboa: Universidade Nova de Lisboa, 2007, p.
  • Débora Leite David / Susanna Ventura, "Caminhos por Cabo Verde, com Benilde Justo Caniato", Via Atlântica: publicação da área de estudos comparados de literaturas de língua portuguesa  (São Paulo), n° 10 (2006), p. 195-230  (web)
  • Maria de Jesus Nobre Rodrigues, Subsídios para a história da igreja católica na ilha de Santo Antão: o caso da paróquia de Nossa Senhora do Rosário, Praia: ISE, 12/2006, 43 p.  web)
  • Maria José Lopes, O surgimento das câmaras municipais nas ilhas do Norte, Praia: IAHN, 2005, n/a p.
  • Sérgio Gonçalo Duarte Neto, "Les rapports culturels entre Européens et Africains. L'exemple du Cap Vert et du Portugal", Matériaux pour l'histoire de notre temps, n° 77 (2005), p. 45-51  (web)
  • Isa Lima Fernandes, Aldeia de Sinagoga em Santo Antão. Formação de uma sociedade e o seu desenvolvimento social e cultural, Praia: ISE, 10/2005, 76 p.  (web)
  • João Vasconcelos, "Espíritos lusófonos numa ilha crioula: língua, poder e identitdade em São Vicente de Cabo Verde", in Clara Carvalho / João de Pina Cabral (ed.), A persistência da história. Passado e contremporaneidade em África, Lisboa: Imprensa de ciências sociais, 2004, p. 149-190
  • Germano d'Almeida, Cabo Verde: viagem pela história das ilhas, Lisboa: Caminho, 2004, 271 p.
  • Maria Manuela Lucas, "Cabo Verde: a "Geração de 1890" e a construção da identidade nacional", Revista portuguesa de História, vol. 36, n° 2 (2003), p. 283-302
  • José Cabral, "Deportados de S. Nicolau", Artiletra: JORE / Jornal revista de educação, ciência e cultura, ano XI, n° 47-48 (10-11/2002), p. 17
  • Irene Vaquinhas, "Impacte dos estudos sobre as mulheres na produção científica nacional. O caso da História", Exaequo, n° 6 (2002), p. 147-174  (web)
  • Leila Maria Gonçalves Leite Hernandez, Os filhos da terra do sol. A formação do estado-nação em Cabo Verde, São Paulo: Selo Negro Edições, 2002, 225 p.  (web)
  • Cláudia Correia, "Arquivo historico nacional. Fonte importante para a História de Cabo Verde", Artiletra: JORE / Jornal revista de educação, ciência e cultura, ano X, n° 42 (12/2001 - 01/2002), p. 18
  • Luís de Albuquerque / Maria Emília Madeira Santos (coord.), História geral de Cabo Verde, Lisboa: Centro de Estudos de História e Cartografia Antiga, Instituto de Investigação Científica Tropical / Praia: Instituto Nacional de Investigação Cultural de Cabo Verde, 2001-2002, 3 vol.
  • António Leão Correia e Silva, "O nascimento do Leviatã crioulo. Esboços de uma sociologia política", Cadernos de estudos africanos  ​(Lisboa), n° 1 (2001), p. 53-68
  • Françoise et Jean-Michel Massa, Dictionnaire encyclopédique et bilingue portugais-français: vol. 3, Cap Vert / Cabo Verde, Rennes (FR): EDPAL - PCLL, 07/2001, 280 p.
  • R. Leyra, "Cape Verdean Fact Sheet", Footsteps: African American History, n° 3(4) (2001), p. 4-5
  • Gina E. Sanchez, "The Politics of Cape Verdean American Identity", Transforming Anthropology, vol. 6(1-2) (01/1997), p. 54-71  (web)
  • António Germano Lima, Boavista: ilha de capitães (história e sociedade), Praia: Spleen Edições, 1997, n/a p.
  • Cláudio Furtado, Génese e (re)produção da classe dirigente em Cabo Verde, Praia: ICLD, 1997, 199 p.
  • Ana Rita Monteiro, "O movimento consular em Cabo Verde finais do século XIX", Revista africana  (Porto), n° 4 (09/1996), p. n/a
  • Maria Manuel Ferraz Torrão, "Percursos da historiografia das ilhas de Cabo Verde: dos terrenos marginais a uma experiência pioneira", in Maria Isabel João / Maria José Pinto (ed.), A escola e os descobrimentos: olhares sobre Cabo Verde, s.l.: Editorial do Ministério da educação, 1996, p. 20-27
  • Richard A. Lobban, Cape Verde. Crioulo Colony to Independent Nation, Boulder (US): Westview Press, 1996, (2nd ed. 1998), 186 p.
  • João Lopes Filho, Ilha de São Nicolau, Cabo Verde: formaçõ da sociedade e mudança cultural, Lisboa: Secretaria geral do Ministério da educação, 1996, 533 p.
  • João Lopes Filho, Cabo Verde, retalhos do quotidiano, Lisboa: Editora Caminho, 1995, 248 p.
  • Lusotopie: enjeux contemporains dans les espaces lusophones - géopolitiques des mondes lusophones, Paris: L'Harmattan, 2 vol., 1994, :
  1. Alfredo Margarido, "Pour une histoire des géopolitiques culturelles des îles du Cap Vert", p. 103-112  (web)
  2. Michel Lesourd, "Insularisme et développement en République du Cap Vert", p. 113-133  (web)
  • António Correia e Silva, A influência do Atlântico na formação dos portos em Cabo Verde, Lisboa: IICT, 1990, n/a p.  (coll. Série separatas, n° 228)
  • A. Rocha, Subsídios para a história da ilha de Santo Antõ (1462-1983), s.l.: Ed. do autor, 1990, 131 p.
  • Luís Vasconcellos, Memorial dos habitantes da ilha de S. Vicente de Cabo Verde, Lisboa: Imprensa de Libâno da Silva, 1990, n/a p.
  • Christopher Brown, An analysis of the Cape Verdean Status Quo. Outgrowths of a Critical Environment, s.l.: s.n., 1990, 40 p.  (web)
  • M.P. de Pina, Les îles du Cap Vert, Paris: Karthala, 1987, 216 p.; réédition: 1989
  • J.E. Kasper, Ilha da Boa Vista, Cabo Verde: aspectos históricos, socias, ecológicos e económicos: tentativa de análise, Praia: ICL, 1987, n/a p.
  • Anicleto António Ferreira, Dissertação dos principais objectivos da ilha de Boa Vista, uma das capitanias de Cabo Verde, Lisboa: s.n., 1987, n/a p.
  • Deirdre Meintel, Race, Culture, and Portuguese Colonialism in Cabo Verde, Syracuse (US): Syracuse University Press, 1984, 201 p.
  • George E. Brooks, "Review: The People of Cap Verde Islands: Exploitation and Emigration", The Journal of African History, vol. 25, n° 1 (1984), p. 105-106  (web)
  • Frederico Cerrone, História da igreja de Cabo Verde: subsídios, Mindelo: Gráfica do Mindelo,1983, 75 p.
  • António Carreira, Estudos de economia cabo-verdeana, Lisboa: Imprensa nacional - Casa da Moeda, 1982, 342 p.
  • Antonio Carreira, The People of the Cape Verde Islands. Exploitation and Emigration, London: C. Hurst and Co, 1982, 224 p.
  • Léon Dash, "Cape Verde Confronts Racial Colonial Legacy", The Courier, n° 68 (24/06/1981), p. A13
  • Christopher Fyfe, "The Cape Verde Islands", History Today, n° 31 (05/1981), p. n/a
  • A. Costa, Cabo Verde: imagens e números, Lisboa: C.E.G., 2 vol., 1980-1981, n/a p.
  • Christopher Fyfe, "The Cape Verde Islands", Tarikh, vol. 6, n° 4 (1980), p. n/a
  • Christopher Fyfe, "Note on the Archives of the Republic of Cabo Verde", History in Africa, n° 7 (1980), p. 347-348
  • Hans-Hermann Schleich, "Kapveeden, Vergessene Inseln im Atlantik", Film und Video, n° 12 (1979), p. 56-65
  • Nelson Eurico Cabral, Le moulin et le pilon, Paris: l'Harmattan, 1980, 185 p.
  • Anuario de estudios atlánticos, n° 23 (1977):
  1. Victor Morales Lezcano, "Canarias, Azores y Cabo Verde durante la batalla del Atlántico (junio 1940 - septiembre 1943), p. 205-236  (web)
  2. Antonio Rumeu de Armas, "Las pesquerías españolas en la costa de África (siglos XV-XVI)", p. 349-372  (web)
  • Jacques Benjamin, "La stratégie politique du Portugal dans ses territoires africains", Etudes internationales, vol. 4, n° 4 (1973), p. 552-559  web)
  • António Carreira, Panaria cabo-verdiano-guineense (aspectos históricos e socio-económicos), Porto: Imprensa portuguesa, 1969, 175 p.
  • Pierre Gourou, "Santiago de Cabo Verde: la terre et les hommes  de Ilidio de Amaral (recension)", Annales de géographie, n° 419 (1968), p. 106-110  (web)
  • Ilídio do Amaral, Santiago do Cabo Verde: a terra e os homens, Lisboa: Junta de investigações do Ultramar, 1964, 444 p. (coll. Memórias da Junta de investigações do Ultramar, n° 48)
  • Eduino Brito, A população de Cabo Verde no século XX, Lisboa: Agência geral do Ultramar, 1963, n/a p.
  • Orlando Ribeiro, "Primórdios da ocupação das ilhas de Cabo Verde", in Aspectos e problemas da expansão portuguesa, Lisboa: n/a, 1962, p. 130-131  (col. Estudos de ciências política e social, n° 59)
  • M. Ribeiro, A ilha de Santiago. Contribuição para o estudo da sua fenomenologia socio-económica  (dissertação de licenciatura), Coimbra: FLUC, 1961, n/a p.
  • Almerindo Lessa / Jacques Ruffié, Seroantropologia das ilhas de Cabo Verde e mesa-redonda sobre o homem cabo-verdiano, Lisboa: Junta de investigações do Ultramar, 1960 (2a ed.), n/a p.
  • Orlando Ribeiro, "As ilhas de Cabo Verde no princípio do século XIX", Garcia de Orta, vol. 4 (1956), p. 605-634
  • Álvaro Lereno, Dicionário corográfico do arquipélago de Cabo Verde, Lisboa: Agência geral do Ultramar, 1952, n/a p.
  • Augusto Miranda, "Bosquejo, história de S. Vicente", Notícias de Cabo Verde: orgão regionalista independente, ano VIII, n° especial (1938), p. 5-6
  • Archibald Lyall, Black and White Makes Brown. An Account of a Journey to the Cape Verde Islands and Portuguese Guinea, London / Toronto: William Heinemann, 1938, 303 p.
  • Mário Leite, "Apontamentos para a história das ilhas de Cabo Verde: o actual povo caboverdiano", Boletim da Sociedade de geografia de Lisboa, vol. 55, n° 5 (1937), p. 196-207
  • Alberto Atílio Leite, "A ilha de S. Vicente de Cabo Verde e o seu Porto Grande", Boletim da Agência geral das colónias, ano V, n° 45 (1929), p. 136-171
  • Ernesto Júlio de Carvalho e Vasconcelos, Archipelago de Cabo Verde: estudo elementar de geographia phisica, economica e politica, Lisboa: Centro tipographico colonial, 1916, 126 p.
  • L. Friedlander, Subsídios para o conhecimento das ilhas de Cabo Verde, Lisboa: n/a, 1914, n/a p.
  • José Joaquim Lopes de Lima, Ensaio sobre a statística das possessões portuguezas no Ultramar: livro I: das ilhas de Cabo Verde e suas dependências, Lisboa: Na Imprensa nacional, 1844, 119 p.  (web)
haut

Colonisation / "Estado Novo" [1460-1975]

Bibliographie


De 2000 à aujourd'hui
  • Ademir B. dos Santos / Nuno Rebocho, Memórias: revoltas de escravos e quilombos: (África, diáspora, Cabo Verde e Brasil), Riga (Lettonie): Novas Edições acadêmicas, 2018, 100 p.
  • Lázaro Uassena Una, Colonialismo português na Guiné e Cabo Verde: comparação do colonialismo português na Guiné e Cabo Verde 1885-1973/75, Riga (Lettonie): Novas Edições acadêmicas, 2017, 52 p. 
  • Carlos Emanuel Sousa da Cruz dos Santos, "Os Jesuítas em Cabo Verde e o seu projeto arquitetónico não materializado", Mátria Digital, n° 5 (2017), p. 179-204  (web)
  • Artiletra: JORE / Jornal revista de educação, ciência e cultura, ano XXV, n° 140 (12/2016):
  1. "Recordações de uma colonial memórias da Preta Fernanda (II)", p. 8-9
  2. Eurídice Monteiro, "A Preta Fernanda no coração do Império", p. 9
  • Artiletra: JORE / Jornal revista de educação, ciência e cultura, ano XXV, n° 138-139 (10-11/2016):
  1. "Recordações de uma colonial memórias da Preta Fernanda  (I)", p. 6-8
  2. "Raça, género e sexualidade em recordações d’uma colonial", p. 8
  • Eduardo Adilson Camilo Pereira, "Fontes de pesquisa em Cabo Verde: o caso da Revolta dos Rendeiros no interior de Santiago (1822-1841)", Sankofa. Revista de História da Africa e de estudos da diáspora africana  (São Paulo), vol. 9, n° 16 (01/2016), p. 63-95  (web)
  • Rachel M. Petrocelli, "Painting between the Lines: the Cape Verdean Community of Colonial Dakar (1920-1945)", Canadian Journal of African Studies / Revue canadienne des études africaines, vol. 50, n° 2 (2016), p. 149-168  (web)
  • Lisa Åkesson, "Narrating São Tomé: Cape Verdean Memories of Contract Labour in the Portuguese Empire", Etnográfica, vol. 20, n° 1 (2016), p. 57-76  (web)
  • Lourenço Gomes, "Rota da escravatura e cabo-verdianidade", Revista internacional em língua portuguesa, vol. 28-29 (2015), p. 205-220
  • Paulo Tormenta / Rogério Vieira de Almeida, "Territorial Development in the Cape Verde Archipelago under the Estado Novo Dictatorship (1953-1974)", Planning Perspectives, vol. 30, n° 4 (2015), p. 597-623   (web)
  • Daryle Williams, "Cape Verde at the End of Atlantic Slavery", Slavery and Abolition: a Journal of Slave and Post-Slave Studies, vol. 36, n° 1 (09/2015), p. 160-179  (web)
  • collectif, Property Rights, Land and Territory in the European Overseas Empire /  Direitos de propriedade, terra e território nos impérios ultramarinos europeus, Lisboa: CECH-IUL, 2015, 342 p.  (web)
  • Gerhard Seibert, "Crioulização em Cabo Verde e São Tomé e Príncipe: divergências históricas e identitárias", Afro-Asia, n° 49 (2014), p. 41-70  (web)
  • Maria João Soares, "Capelas e terras de ónus de missa na ilha do Fogo, Cabo Verde", in coll., Property Rights, Land and Territory in the European Overseas Empires, Lisboa: CEHC ISCTE-IUL, 2014, p. 115-122  (web)
  • Francisca Gomes Pires, O Porto Grande e a urbe mindelense na aurora da contemporaneidade (1850-1914)  (dissertaçõ de mestrado), Lisboa: Universidade Nova de Lisboa, 2014, 91 p.  (web)
  • José da Silva Horta, "Trânsito de Africanos: circulação de pessoas, de saberes e de experiências religiosas entre os Rios de Guiné e o Arquipélago de Cabo Verde (séculos XV-XVII)", Anos 90: revista do programa de pós-graduação em História, vol. 21, n° 40 (2014), p. 23-49  (web)
  • Taciana Almeida Garrido de Resende, "Colonialismo e Cabo Verde: discussões sobre a colonização portuguesa na África (1950 e 1960)", Temporalidades: revista discente do programa de pós-graduação em História da UFMG, vol. 6, n° 2 (2014), p. 184-199  (web)
  • Eduardo Adilson Camilo Pereira, "Cabo Verde: entre uma civilização agrícola e uma civilização industrial e comercial (1822-1841)", Sankofa. Revista de História da Africa e de estudos da diáspora africana  (São Paulo), vol. 7, n° 14 (2014), p. 118-140  web)
  • Elvira Azevedo Mea, "A presença de Cabo Verde na Exposição Internacional de 1865", in Estudos em homenagem a Luís António de Oliveira Ramos, Porto: Universidade do Porto, 2014, p. 737-749  (web)
  • Filipa Ribeiro da Silva, "African Islands and the Formation of the Dutch Atlantic Economy. Arguin, Gorée, Cape Verde and São Tomé (1590-1670)", International Journal of Maritime History, vol. 26, n° 3 (09/2014), p. 549-567  (web
  • Filipa Ribeiro da Silva, "Os Judeus de Amsterdão e o comércio com a Costa ocidental africana (1580-1660)", Anais de história de Além-Mar, n° 14 (2013), p. 121-144  (web)
  • Luís Pequito Antunes, "Museus e ciência em Cabo Verde (1850-1876)", Revista de estudos cabo-verdianos, vol. 1 (2013), p. 1-26
  • Thiago Henrique Mota Silva, "A missão jesuita de Cabo Verde e o islamismo na Guiné (1607-1616)", Temporalidades: revista discente do programa de pós-graduação em História da UFMG, vol. 5, n° 2 (2013), p. 137-160  (web)
  • José Augusto Nunes da Silva Horta, "Nações, marcadores identitários e complexidades da representação étnica nas escritas portuguesas de viagem: Guiné e Cabo Verde (séculos XVI e XVII)", Varia História, vol. 29, n° 51 (2013), p. 649-675  (web)
  • João Lopes Filho, "Abolição da escravatura em Cabo Verde", Revista de estudos cabo-verdianos, nova série, nº especial Património (2013), p. 105-112  (web)
  • João Estêvão, "Remittances, Welfare Solidarity, and Monetarization: the Interaction between Personal and Economic Relations in Cape Verde during the Colonial Period", Portuguese Literary and Cultural Studies, n° 23-24 (2013), p. 55-74
  • Guillermo Arturo Medina Frias, Evolução da organização do espaço da ilha de Santo Antão (Cabo Verde) na segunda metade do século XIX, Porto: Universidade do Porto, 2013, 126 p.  (web)
  • Eduardo Adilson Camilo Pereira, "Fontes de pesquissa em Cabo Verde: o caso da Revolta dos rendeiros no interior de Santiago (1822-1841)", Sankofa. Revista de História da Africa e de estudos da diáspora africana  (São Paulo), vol. 9, n° 16 (2013), p. 63-95  (web)
  • Eduardo Adilson Camilo Pereira, "Cabo Verde: entre uma civilização agricola e uma civilização industrial e comercial (1822-1841)", Sankofa. Revista de História da Africa e de estudos da diáspora africana  (São Paulo), vol. 7, n° 14 (2013), p. 118-139  (web)
  • Eduardo Adilson Camilo Pereira, "Reformas políticas e o regime da prefeitura em Cabo Verde da primeira metade do séc. XIX (1832-1834), Sankofa. Revista de História da Africa e de estudos da diáspora africana  (São Paulo), vol. 6, n° 12 (2013), p. 99-124  web)
  • Eduardo Adilson Camilo Pereira, "Reformas políticas e o regime da prefeitura em Cabo Verde da primeira metade do séc. XIX (1832-1834), Revista de história e estudos culturais  (Uberlândia / Brésil), ano X, vol. 10, n° 2 (07-12/2013), p.  web)
  • Eduardo Adilson Camilo Pereira, "Cabo Verde: elites coloniais e lutas partidárias na primeira metade do séc. XIX (1821-1841)", Sankofa. Revista de História da Africa e de estudos da diáspora africana  (São Paulo), vol. 6, n. 10 (2013), p. 129-149  (web)
  • Eduardo Adilson Camilo Pereira, "Cabo Verde: lutas partidárias na primeira metade do século XIX (1821-1841)", Revista de estudos cabo-verdianos, n° especial (2013), p. 113-124  (web)
  • Carlene Recheado, "Evangelização de capuchinhos espanhóis na Ilha de São Nicolau", Revista de estudos cabo-verdianos, n° 4 (2012), p. 141-149 (web)
  • Alexander Keese, "Managing the Prospect of Famine: Cape Verdean Officials, Subsistence Emergencies, and the Change of Elite Attitudes during Portugal's Late Colonial Phase, 1939-1961", Itinerario: European Journal of Overseas History, vol. 36, n° 1 (2012), p. 46-69
  • Matilde Mendonça dos Santos, "A estreita aliança entre os bispos e o Santo Oficio em Cabo Verde (1538-1646)", Revista de história da sociedade e da cultura, n° 12 (2012), p. 193-216
  • João de Sousa Machado, Estudo sobre o commercio do carvão no Porto Grande da ilha de S. Vicente (archipelago de Cabo Verde) e no Porto da Luz em Gran Canaria (archipelago das Canarias)..., n/a: Nabu Press, 2012, 56 p.
  • Roberto Zaugg, "Entre europeização e africanização: a construção visual de Cabo Verde nos postais do período colonial", Revista de estudos cabo-verdianos, n° 4 (2012), p. 167-193  (web)
  • Manuela Mendonça, "As capitanias atlântica portuguesas", Mátria XXI, n° especial (2012), p. 117-142
  • João Vasconcelos, Histórias do racionalismo cristão em São Vicente de 1911 a 1940, Mindelo: Comissão organizadora da Comemoração do 1o centenário do racionalismo cristáo em Cabo Verde, 2012, 231 p.
  • Daniel A. Pereira, Cidade da Praia de Santiago: no compasso do tempo, Praia: IBNL, 2012, 367 p.
  • Miguel Suárez Bosa / Luis Gabriel Cabrera Armas, "La competencia en los servicios portuarios entre Cabo Verde y Canarias (1850-1914)", Anuario de estudos atlânticos, n° 58 (2012), p. 363-414  (web)
  • Bertelina Brito, "As reformas administrativas de José da Costa Ribeiro, Cabo Verde: 1a metade do século XVIII", Revista de estudos cabo-verdianos, n° 4 (2012), p. 125-139  (web)
  • Danilo de Jesus da Veiga dos Santos, "Catolicismo cabo-verdiano: retratos da vida religiosa dos Cabo-Verdianos nos textos portugueses (1784-1844)", Lusitania sacra, n° 25 (2012), p. 101-114  (web)
  • Danilo de Jesus da Veiga dos Santos, O Cabo-verdiano através dos olhos de forasteiros: representações nos textos portugueses (1784-1844), Lisboa: Universidade de Lisboa, 2011, 209 p.  (web)
  • Toby Green, "Building Slavery in the Atlantic World: Atlantic Connections and the Changing Institution of Slavery in Cape Verde, Fifteenth-Sixteenth Centuries", Slavery and Abolition: a Journal of Slave and Post-Slave Studies, vol. 32, n° 2 (2011), p. 227-245  (web)
  • Maria Manuel Ferraz Torrão, "Traite négrière entre les îles du Cap Vert et l'Amérique espagnole: formation et développement d'une route commerciale atlantique au seizième siècle", African Economic History, n° 39 (2011), p. 1-34
  • Maria João Soares, "The British Presence on the Cape Verdean Archipelago (Sixteenth to Eighteenth Centuries)", African Economic History, n° 39 (2011), p. 129-146
  • José Manuel Silva Pires Ferreira, Revolta de 1894 em Santo Antão pela República, Praia: Editura Centrum comum de edições do Ministério da cultura, 2011, 226 p.
  • Daniel A. Pereira, Das relações históricas Cabo Verde / Brasil, Brasília: Fundação Alexandre de Gusmõ, 2011, 164 p.  (web)
  • Maria da Luz Melo, A cidade do Mindelo: identidade cultural e linguística (1850-1975)  (dissertaçõ de mestrado), Porto: Universidade do Porto, 2010, 97 p.  (web)
  • Daniel A. Pereira, Memória sobre Cabo Verde do Governador Joaquim Pereira Marinho e outros textos, Praia: Instituo Camões - Centro cultural português, 2010, 330 p. 
  • Filipa Ribeiro da Silva, "Dutch Vessels in African Waters: Coastal Routes and Intra-Continental Trade (c. 1590-1674), Tijdchrift voor Zeegeschiedenis, vol. 29, n° 1 (2010), p. 19-38
  • Sérgio Neto, Colónia mártir, Colónia modelo: Cabo Verde no pensamento ultramarino português (1925-1965), Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 07/2009, 224 p.
  • Tobias Green, "Building Creole Identity in the African Atlantic: Boundaries of Race and Religion in Seventeenth-Century Cabo Verde", History in Africa, n° 36 (2009), p. 103-125  (web)
  • Roberto Francavilla, "Billi Budd era Capoverdiano", Palaver: culture dell'Africa e della diaspora  (Lecce), n° speziale 3 (2008-2009), p. 96-104
  • Maria do Rosário Pimentel, "Um contributo para a história de Cabo Verde e do hospital de Todos-os-Santos", Ellipsis: Journal of the American Portuguese Studies Association, n° 6 (2008), p. 83-106  (web)
  • Luís Reis Torgal / Fernando Tavares Pimenta / Julião Soares Sousa, Comunidades imaginadas: nação e nacionalismos em África, Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2008:
  1. Nuno Porto, "Artes da nação: colonialidade, políticas e mercados das artes em Angola e Cabo Verde", p. 87-100  (web)
  2. Sérgio Neto, "Insularidade, idiossincrasias e imaginação: representações de Cabo Verde no pensamento colonial português", p. 181-192  (web)
  • Baltazar Soares Neves, O seminário-liceu de S. Nicolau. Contributo para a história do ensino em Cabo Verde, Porto: Centro de estudos africanos da Universidade do Porto, 11/2008, 316 p.  (web)
  • Africana, n° 28 (2008):
  1. Maria José Lopes, "Porto Grande de S. Vicente e a Guerra de 1914: a declaração do estado de sítio: algumas notas", p. 181-189
  2. Nuno da Silva Gonçalves, "Escravatura e consciência critã na Guiné e em Cabo Verde nos séculos XVI e XVII", p. 191-202
  3. J.A. Gonçalves Guimarães, "Relações comerciais da barra do Douro com Cabo Verde entre 1818 e 1825", p. 249-265
  • Maria Manuel Ferraz Torrão / André Teixeira, "Quanto vale um arquipélago?: análise da tributação das ilhas de Cabo Verde em meados do século XVII", in Avelino de Freitas de Meneses / João Paulo Oliveira e Costa (ed.), O reino, as ilhas e o mar oceano: estudos em homenagem a Artur Teodoro de Matos, Lisboa: Centro de história de além-mar / Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 2007, vol. 2, p. 561-583
  • Zelinda Cohen, Os filhos da folha. Cabo Verde - séculos XV-XVIII, Praia: Edições Spleen, 2007, 235 p.  (web)
  • Eduardo Adilson Camilo Pereira, Os caminhos da revolta em Cabo Verde e a cultura de resistência: as Revoltas dos Engenhos (1822) e de Achada Falcão (1841)  (dissertação de mestrado), São Paulo: Universidade de São Paulo, 18/07/2006, 182 p.   (web)
  • Maria Manuel Ferraz Torrão, "Construção de redes de comunicação no tráfico negreiro atlântico", in Maria Emília Madeira Santos / Manuel Lobato (ed.), O domínio da distância, Lisboa: ICCT, 2006, p. 53-57
  • George E. Brooks, "Cabo Verde: Gulag of the South Atlantic: Racism, Fishing Prohibitions, and Famines", History in Africa, vol. 33 (2006), p. 101-135  (web)
  • Daniel Pereira, "Regimento que deve observar o feitor da ilha de S. Vicente, Vicente das Neves Caio (1752)", Estudos da história de Cabo Verde, Praia: Editora Alfa-Comunicações, 2005, n/a p.
  • Marco Rito da Silva Coutinho, O Município da Ribeira Grande (1867 - 1885), Praia: Instituo superior de Educaçõ, 2005, 45 p.  (web)
  • João Vasconcelos, "Espíritos lusófonos numa ilha crioula: língua, poder e identidade em São Vicente de Cabo Verde", in Clara Carvalho / João de Pina Cabral (ed.), A persistência da História: passado e contemporaneidade em África, Lisboa: Imprensa de ciências sociais, 2004, p. 149-190
  • Daniel A. Pereira, A situação da ilha de Santiago no 1o quartel do século XVIII, Praia: Alfa-comunicações, 2004 (2a ed.), n/a p.
  • António Leão Correia e Silva, Cabo Verde: combates pela história, Praia: Spleen Edições, 02/2004, n/a p.
  • José Augusto Pereira, "A economia de Cabo Verde no contexto do Estado Novo (1940-1960)", Ler História, n° 47 (2004), p. 55-80
  • Mark Duffill, "The Africa Trade from the Ports of Scotland (1706-1766)", Slavery and Abolition: a Journal of Slave and Post-Slave Studies, vol. 25, n° 3 (12/2004), p. 102-122
  • Filipa Ribeiro da Silva, "A Inquisição na Guiné, nas ilhas de Cabo Verde e São Tomé e Príncipe", Revista lusófona de ciência das regligiões, vol. 3, n° 5-6 (2004), p. 157-173
  • António Nascimento Ramos, Mindelo d'outrora, Mindelo: Ed. do autor, 2003, n/a p.
  • Augusto Nascimento, O Sul da diáspora: Cabo-Verdianos em plantações de São Tomé e Príncipe e Moçambique, Praia: Presidência da República de Cabo Verde, 2003, 256 p.
  • Sérgio Neto, "Cabo-verdianidade e luso-tropicalismo: duas visões de Cabo Verde em tempos de Estado Novo", Estudos do século XX, n° 3 (2003), p. 289-322  (web)
  • Studia: revista semestral, n° 58-59 (2002):
  1. Maria João Soares, "Há festa na cidade: festividades religiosas e cerimonial político na Ribeira Grande", p. 131-181
  2. Graça Maria Correia de Castro, "As cartas do padre jesuíta Sebastião Gomes", p. 217-234
  • Carlos Garcia Peña / Rosario Ros Larena, "El sistema defensivo de Felipe II en Cabo Verde", Cuadernos de Historia moderna, n° 27 (2002), p. 11-48
  • Magnus Roberto de Mello Pereira, "Um jovem naturalista num ninho de cobras: a trajetória de João da Silva Feijó em Cabo Verde, em finais do século XVIII", História: questões e debates, vol. 36, n° 1 (2002), p. 29-60  (web)
  • Isabel L. Morgado de S. e Silva / Abel dos Santos Cruz, "Francisco Martins de Sequeira: capitão e governador das ilhas de Cabo Verde: o regimento de 1611", Africana, n° 24 (2002), p. 103-120
  • Manuel Brito Semedo, "Nos tempos do Porto Grande do Mindelo - Os tempos de sabura de Sanvicente", Artiletra: JORE / Jornal revista de educação, ciência e cultura, ano X, n° 42 (12/2001 - 01/2002), p. 20
  • Africana, n° especial 6 (2001):
  1. Zelinda Cohen, "Entre os proscritos e os seleccionáveis: contribuição para o estudo do perfil do funcionalismo régio insular (Cabo Verde do século XV a meados do século XVIII)", p. 79-154
  2. Abel dos Santos Cruz, "Francisco Correia da Silva: capitão e governador de Cabo Verde: o regimento de 9 de Novembro de 1605", p. 195-210
  3. João Lopes Filho, "O quotidiano cabo-verdiano a partir de um documento do século XVIII", p. 309-324
  • João Lopes Filho, "Aspectos da administração pública em Cabo Verde nos meados do século XIX", Islenha (Funchal), n° 29 (2001), p. 34-43
  • António Leão Correia e Silva, "Da contestação social à trangressão cultural: forros e fujões na sociedade escravocrata cabo-verdiana com referência aos modelos atlânticos", Anais  (Mindelo), vol. III, n° 1 (04/2001), p. 7-18  (web)
  • Africana, n° especial 6 (2001):
  1. collectif, "Cabo Verde: uma experiência colonial acelerada (séculos XVI-XVII)", p. 4-78
  2. Isabel L. Morgado de S. e Silva, "D. Manuel, duque de Beja, governador da Ordem de Cristo, senhor dos arquipélagos atlânticos: uma estratégia de actuação (1484-1495)", p. 211-278
  3. Fernanda Paula Sousa Maia, "Fontes Pereira de Melo, deputado por Cabo Verde (1848-1851)", p. 279-308
  • Augusto Nascimento, "Representações sociais e arbítrio nas Roças: as primeiras levas de Cabo-Verdianos em São Tomé e Príncipe nos primórdios de Novecentos", Arquipélago: história, 2a série, n° 5 (2001), p. 325-370  (web)
  • Luís da Cunha Pinheiro, "O Foral da alfândega da ilha de Santiago de Cabo Verde de 1696", Anais de história de Além-Mar, n° 2 (2001), p. 347-377  (web)
  • Alina Esteves / Maria J. Caldeira, Reinventando culturas: contribuições da comunidade cabo-verdiana para a dinâmica cultural de Lisboa, Lisboa: Centro do estudos geograficos (CEG), 2000, 32 p.  (web)
  • António Leão Correia Silva, Nos tempos do Porto Grande do Mindelo, Praia / Mindelo: Centro cultural portugûes, 2000, 203 p.; réédition: 2005
  • António Correia e Silva, "Do crepúsculo do Porto Grande ao despertar dos movimentos políticos no Mindelo (1891-1894)", Anais da Academia de estudo de culturas comparadas, vol. 2, n° 1 (2000), p. 7-18  (web)
  • Maria Rosaria Turano, "Capo Verde: l'abolizione della tratta degli schiavi e la commissione mista luso-britanica a Boa Vista (1807-1856): appunti da una ricerca", Africana: miscellanea di studi extraeuropei, n° 6 (2000), p. 149-160
Des débuts à 1999
  • João Lopes Filho, "Mestiçagem, emigração e mudança sócio-cultural em Cabo Verde", Islenha, n° 24, 1999, p. n/a
  • José Manuel Silva Pires Ferreira, Geração dourada: ensaio da história do Paul, de Santo Antão (1861-1893), São Vicente: Edições Calabedotche, 1999, 180 p.
  • João Maria Soares, "A caminho do Maranhão passando por Cabo Verde: a estada do padre António Vieira na ilha de Santiago (1652)", in Actas do congresso internacional do terceiro centenário da morte do Padre António Vieira, Braga: Universidade católica portuguesa, vol. 1, 1999, p. 563-586
  • Carlos José Duarte Almeida, "A Companhia de Jesus em Cabo Verde (1604-1642)", Povos e culturas, n° 6 (1998), p. 535-574
  • Maria Haydée Ferreira Ferro, Subsídios para a história da ilha de Santo Antão de Cabo Verde (1462-1900), Praia: ICLD, 1998, 51 p.
  • Carmelo Garcia Seco, "António Noli, descubridor de las islas de Cabo Verde", Africana, n° 19 (1998), p. 7-12
  • José Maria Almeida (ed.), Descoberta das ilhas de Cabo Verde, Praia: ANH, 1998, 259 p.
  • António Leão Coreia Silva, Espaços urbanos de Cabo Verde. Um tempo das cidades - porto, Lisboa: Comissão nacional para as comemorações dos descobrimentos portuguese, 1998, n/a p.
  • Arminda Esmeralda de Araújo Ferreira, "Economia e sociedade cabo-verdiana em 1916: contribuitos para o seu estudo", Africana, n° 18 (1998), p. 133-152
  • Africana, n° especial 5 (1998):
  1. Ana Rita Amaro Monteiro, "Municipalismo em Cabo Verde na segunda metade do século XIX: autonomia e administração", p. 67-80
  2. Abel dos Santos Cruz, "Retrospectiva histórica e jurídica do exercício do poder no arquipélago de Cabo Verde: 1460-1842", p. 91-108
  3. Maria José Lopes, "A Câmara municipal de Santo Antão: criação e evolução (1732-1870)", p. 109-117
  4. Helena Maurício Rodrigues, "A regeneração em Cabo Verde (1850-1860)", p. 157-403
  • Alexandra Pelúcia, "José da Costa Ribeiro: um Madeirense ao serviço da ouvidoria-geral das ilhas de Cabo Verde (1728-1740)", Islenha  (Funchal), n° 21 (1997), p. 124-144
  • Jean-Michel Massa, "Heurs et malheurs de Gilberto Freyre en Guiné portugaise et au Cap Vert", Lusotopie, n° 4 (1997), p. 227-235  (web)
  • Henrique Pinto Rema, "As missões católicas portuguesas no Atlântico Sul no século XVII", Itinerarium: revista quadrimestral de cultura, vol. 43, n° 159 (1997), p. 493-552
  • Maria Manuel Ferraz Torrão, "De Santiago para a costa da Guiné: a transferência do centro geográfico dos negócios e a manutenção da élite comerciante, as transacções da companhia de António Fernandes Landim e de Francisco Dias Mendes de Brito (1629-1630)", Arquipélago: História, n° 2 (1997), p. 83-118  (web)
  • Maria Isabel João, A escola e os descobrimentos: olhares sobre Cabo Verde, Lisboa: Ministério da Educação, 1996, 62 p.
  • Africana, n° especial 4 (1996):
  1. Teresa Oliveira Ramos / Carla M. da Cunha Souto Laranjeira, "Contrastes entre as ilhas de Maio e S. Nicolau nos finais do século XIX", p. 55-71
  2. Helena Maurício Rodrigues, "Tensões sócio-económicas e estratégias alimentares no espaço insular de Cabo Verde (1870-1916)", p. 73-98
  3. Cláudia Correia, "A cidade do Mindelo nos séculos XIX e XX", p. 99-111
  4. Ana Rita Amaro Monteiro, "O movimento consular em Cabo Verde nos finais do século XIX", p. 113-124
  5. Fernanda Paula Sousa Maia, "A Câmara dos deputados e a(s) representação(ões) de Cabo Verde na primeira metade do Oitocentos", p. 125-137
  6. Salvador Magalhães Mota, "A situação de Cabo Verde nos inícios da 1a República", p. 137-159
  • Iva Maria Cabral / Maria Manuel Ferraz Torrão, "Ensaios de uma feitoria régia no espaço económico e social da ilha de Santiago (1520-1550)", Studia: revista semestral, n° 54-55 (1996), p. 33-49
  • Nuno da Silva Gonçalves, "Aspectos da presença dos Jesuítas em Cabo Verde no século XVII", Brotéria, vol. 143, n° 1 (1996), p. 7-32
  • Nuno da Silva Gonçalves, Os jesuítas e a missão de Cabo Verde (1604-1642), Lisboa: Brotéria, 1996, 449 p. 
  • Elisa Silva Andrade, As ilhas de Cabo Verde: da "descoberta" a Independência nacional (1460-1975), Paris: L'Harmattan, 1996, 319 p.
  • Elisa Silva Andrade, Les îles du Cap Vert: de la "découverte" à l'indépendance nationale (1460-1975), Paris: L'Harmattan, 1996, 349 p.
  • ​Richard A. Lobban Jr., Cape Verde: Crioulo Colony to Independent Nation, Boulder (US): Westview, 1995, 186 p.
  • Ana Rita Monteiro / Helena Maurício Rodrigues, "A revolução de 1820 e suas repercussões em Cabo Verde", Africana, n° especial 3 (1995), p. 7-106
  • Rui Miguel da Costa Pinto, "O bispo de Cabo Verde, frei Pedro Brandão e a relação igreja-moradores nos finais do século XVI", Mare Librum, n° 10 (1995), p. 363-368
  • Nuno da Silva Gonçalves, "Escravatura e consciência cristã: o caso de Cabo Verde e Guiné na segunda metade do século XVI e inícios do século XVII", Brotéria, vol. 141, n° 4 (1995), p. 255-276
  • Studia: revista semestral, n° 53 (1994):
  1. Maria Emília Madeira Santos, "Mulatos, sua legitimação pela Chancelaria régia no século XVI", p. 237-246
  2. Zelinda Cohen, "Subsídios para a história geral de Cabo Verde: os contratos de arrendamento para a cobrança de rendas e direitos reais das ilhas de Cabo Verde (1501-1560)", p. 317-364
  3. António Correia e Silva, "Subsídios para a história geral de Cabo Verde: as secas e as fomes nos séculos XVII e XVIII", p. 365-382
  • Salvador Magalhães Mota, "Subsídios para o estudo da Secretaria geral de Cabo Verde (1810-1926)", Africana, n° 14 (1994), p. 9-24
  • Teresa Oliveira Ramos, "A ilha Brava de Cabo Verde no século XIX (1880)", Africana, n° 13 (1994), p. 21-31
  • David Richardson, "Cape Verde, Madeira and Britain's Trade to Africa, 1698-1740", Journal of Imperial and Commonwealth History, vol. 22, n° 1 (01/1994), p. 1-15  (web)
  • João Lopes Filho, "Construção da história de Cabo Verde", Islenha  (Funchal), n° 15 (1994), p. 59-62
  • Maria Emília Madeira Santos / Maria Manuel Ferraz Torrão, "Missões religiosas e poder colonial no século XIX", in Missionação: problemática geral e sociedade contemporânea: actas Congresso internacional de história sobre missionação portuguesa e encontro de culturas (Lisboa, 1992), Braga: Universidade Católica portuguesa, 1993, vol. 4, p. 83-106
  • Ilídio Baleno, "O Corso e a pirataria em Cabo Verde: seus reflexos na vida local", in Actas do III colóquio internacional de história da Madeira, Funchal: Secretaria regional do turismo / Centro de estudos de história do Atlântico, 1993, p. 675-686
  • Trevor P. Hall, "Portuguese Archival Documentation of Europe's First Colony in the Tropics: the Cape Verde Islands (1460-1530)", Primary Sources and Original Works, vol. 2, n° 3-4 (1993), p. 375-398
  • Studia: revista semestral, n° 51 (1992):
  1. Zelinda Cohen, "O provimento dos oficiais da justiça e da fazenda para as ilhas de Cabo Verde", p. 145-176
  2. Iva Maria Atíde V. Cabral, "A Fazenda real, campo de contradições entre a Coroa e os moradores de Santiago: Álvaro Dias, almoxarife da Ribeira Grande", p. 177-190
  • João Cosme, "O arquipélago e Cabo Verde em 1582", Islenha  (Funchal), n° 10 (1992), p. 82-92
  • Ângela Domingues, "Juízes e réus: os meandros da (in)justiça no Fogo (1513-1561)", Revista internacional de estudos africanos, n° 14-15 (1992), p. 157-170
  • Ana Rita Amaro Monteiro, "Para a história de Cabo Verde: algumas considerações sobre um levantamento arquivistico realizado em Lisboa", Africana, n° 10 (1992), p. 191-207
  • Rui Miguel da Costa Pinto, "Cabo Verde contra o seu bispo", História, vol. 15, n° 158 (1992), p. 4-9
  • Studia: revista semestral, n° 50 (1991):
  1. Maria Manuel Ferraz Torrão, "Subsídios para a História geral de Cabo Verde: o algodão da ilha do Fogo: uma matéria-prima de produção afro-europeia para uma manufactura africana", p. 157-176
  2. Ângela M. V. Domingues, "Subsídios para a História geral de Cabo Verde: o aparelho judicial de Santiago (1462-1524)", p. 177-198
  • José Damião Rodrigues, "Agentes régios e conflitos de poder: Açores e Cabo Verde nos séculos XV-XVI", Boletim do Instituto histórico da Ilha Terceira, n° 49 (1991), p. 282-300
  • António Leão Correia Silva, A influencia do Atlântico na formação de portos em Cabo Verde, Lisboa: IICT, 1990, n/a p.
  • Ana Isabel Daniel Álvares, "Mestiços e negros livres no Cabo Verde do século XVI", História, n° 135 (1990), p. 76-89
  • Marília Lopes, "A exploração económica da Guiné e de Cabo Verde nos séculos XV e XVI", in Luís de Albuquerque (ed.), Portugal no mundo, Lisboa: Publicações Alfa, 1989, vol. 1, p. 250-263 
  • P.E.H. Hair, "Jesuit Documents on the Guinea of Cape Verde and the Cape Verde Islands, 1585-1617 in English Translation", History in Africa, n° 16 (1989), p. 375-381
  • K. David Patterson, "Epidemics, Famines, and Population in the Cape Verde Islands (1580-1900)", The International Journal of African Historical Studies  (Boston), vol. 21, n° 2 (1988), p. 291-313 (web)
  • E. Ducoudray, Un exemple d'émigration international: "La communauté cap-verdienne de Dakar (Sénégal)", strucures spatiales et pratiques sociales  (mémoire de maîtrise), Rouen (FR): Université de Rouen - LEDRA, 03/1988, 140 p.
  • António Carreira, "Tratos e resgates dos portugueses nos rios da Guiné e ilhas de Cabo Verde nos começos do século XVII", Revista de história económica e social, Lisboa: Sá da Costa, 1987, p. 91-103
  • António Carreira, "A capitania das Ilhas de Cabo Verde: organização civil, eclesiástica e militar, séculos XVI-XIX: subsídios", Revista de história económica e social  (Lisboa), n° 19 (1987), p. 33-76
  • J.E. Kasper, Ilha da Boa Vista: aspectos históricos, sociais, ecológicos e económicos. Tentativa de análise, Praia: ICL, 1987, 188 p.
  • Bernardo de Vaschetto, Ilhas de Cabo Verde: origem do povo cabo-verdiano e da diocese de Santiago de Cabo Verde, Boston: Farol, 1987, 670 p.
  • Rosemary E. Galli, "The Food Crisis and the Socialist State in Lusophone Africa", African Studies Review, vol. 30, n° 1 (03/1987), p. 19-44  (web)
  • António Carreira, Descrições oitocentistas das ilhas de Cabo Verde, s.l.: Mem Martins, 1987, 275 p.
  • Daniel A. Pereira, "Regimento que deve observar o feitor da Ilha de São Vicente, Vicente das Neves Caio (1752)", Revista de história económica e social, n° 17 (1986), p. 89-101
  • Revista de história económica e social  (Lisboa), n° 16 (07-12/1985):
  1. Daniel A. Pereira, "As insolências do Capitão Domingos Rodrigues Viegas e do seu irmão Belchior Monteiro de Queiroz contra as autoridades da ilha de Santiago (1653-1665)", p. 31-62
  2. António Carreira, "Conflitos sociais em Cabo Verde no século XVIII", p. 63-88
  • António Carreira, "Secas e fomes em Cabo Verde: achegas para o estudo das de 1845-1846 e de 1889-1890", Revista de história económica e social, n° 15 (01-06/1985), p. 135-150
  • Notícia corográfica e cronológica do bispado de Cabo Verde... (1784), Lisboa: ICL, 1985, n/a p.  (apresentação e notas António Carreira)
  • B.C. Busch, "Cape Verdeans in the American Whaling and Sealing Industry (1850-1900)", American Neptune, n° 45 (1985), p. 104-116
  • Charles Verlinden, "L'Infant Dom Fernando comme administrateur colonial à Madère, aux Açores et au Cap Vert (1460-1470)", Revista da Universidade de Coimbra, vol. 31 (1985), p. 255-270
  • Daniel A. Pereira, A situação da ilha de Santiago no 1o quartel do século XVIII, Praia: ICL, 1984, 72 p.
  • Deirdre Meintel, Race, Culture and Portuguese Colonialism in Cabo Verde, Syracuse (US): University of Syracuse, 1984, 201 p.
  • António Carreira, "O primeiro censo  de população da capitania das ilhas de Cabo Verde (1731)", Revista de história económica e social, n° 13 (01-06/1984), p. 51-66
  • Elisa Andrade, Histoire économique du Cap Vert, de la "découverte" à l'Indépendance (1460-1975)  (thèse de doctorat), Paris: Université Paris VII, 1984, 486 p.
  • Inácio Guerreiro, "A Sociedade real marítima e o exame das cartas hidrográficas. Censura da Carta de Cabo Verde  de Francisco António Cabral (1790)", Boletim da biblioteca da Universidade de Coimbra, n° 40 (1984), p. 91-142
  • Frederico Cerrone, História da Igreja de Cabo Verde: subsídios, Mindelo: Gráfica do Mindelo, 1983, 75 p.
  • António Carreira, Migrações nas ilhas de Cabo Verde, Praia: ICL, 1983, 322 p.
  • António Carreira, "A fome de 1864 na ilha de Santiago", Revista de história económica e social, n° 12 (1983), p. 155-174
  • António Carreira, The People of the Cape Verde Islands. Exploitation and Emigration, London: Ed. C. Hurst and Company / Hamden (US): Archon Books, 1982, 224 p.
  • António Carreira, "Cabo Verde: movimento marítimo e comercial nas ilhas da Boa Vista, Fogo e Maio (séculos XVIII-XIX)", Revista de história económica e social, n° 10 (1982), p. 71-85
  • António Carreira, "A fome de 1864 na ilha de Santiago: comentários ao relatório de Joaquim Quadros", Revista do Centro de estudos demográficos, n° 25 (1981), p. 147-160
  • António Carreira, "O tráfico de escravos nos rios de Guiné e ilhas de Cabo Verde (1810-1850)", Estudos de antropologia cultural, n° 14 (1981), p. 7-51
  • António Carreira, "A navegação de longo curso e o comércio nas ilhas de Cabo Verde no século XIX", Revista de história económica e social, n° 4 (07-12/1979), p. 53-73
  • J. Matznetter, "Die Kapverdischen Inseln", Mitteilungen der Österreichischen Geographischen Gesellschaft, vol. 102 (1960), p. 1-40
  • Félix António Monteiro, "A ilha de São Vicente de Cabo Verde: relatório de Joaquim Vieira Botelho da Costa", Raízes, ano IV, n° 7-16 (1980), p. 127-213
  • António Carreira, "A navegação de longo curso e o comèrcio da Guiné e ilhas de Cabo Verde no século XIX", Revista de História econômica e social, n° 4 (1979), p. 53-73; rééditionRaízes  (Praia), ano IV, n° 7/16 (1981), p. 8-32
  • Alberto Iria, "Judeus em Moçambique, Angola e Cabo Verde: epigrafia e história", Memórias da Academia das ciências de Lisboa: classe de Letras, n° 20 (1979), p. 143-188
  • António Carreira, "O tráfico clandestino de escravos na Guiné e em Cabo Verde no século XIX", Raízes  (Praia), ano II, n° 5-6 (1978), p. n/a
  • António Carreira, "Tratos e resgates dos portugueses nos rios de Guiné e ilhas de Cabo Verde no século XVII", Revista de História econômica e social, n° 2 (1978), p. 91-103 
  • António Carreira, Cabo Verde: aspectos sociais, secas e fomes do século XX, Lisboa: Ed. Ulmeiro, 1977, 207 p.; réédition: 1984
  • António Carreira, Migrações nas ilhas de Cabo Verde, Lisbon: Universidade Nova, 1977, 334 p.; traduction en anglais par Christopher Fyfe, The People of the Cape Verde Islands (Exploitation and Emigration), London: C. Hurst and Archon Books, 1982, 224 p.
  • Pedro Canavarro, "Uma 'traça' jesuíta para a antiga cidade de S. Tiago de Cabo Verde", Revista da Faculdade de letras, n° 1 (1976), p. 385-404
  • Armando Cortesão, "Descobrimento e representação das ilhas de Cabo Verde na cartografia antiga", Memórias da Academia das ciências de Lisboa: classe de Ciências, n° 21 (1976), p. 229-250
  • Alberto Iria, "Novas cartas régias acerca dos descobrimentos e privilégios do Infante D. Henrique", Memórias da Academia das ciências de Lisboa: classe de Letras, n° 16 (1976), p. 305-364
  • António Carreira, Cabo Verde: Formação e extinção de uma sociedade escravocrata (1460-1878), Lisboa:  A. Carreira, 1972 (2nde éd. 1983), 549 p. (Prémio João Barros de 1971. n° 43o concurso de literatura ultramarina, da Agência geral do Ultramar)
  • António Carreira, "Alguns aspectos da administração pública em Cabo Verde no século XVIII", Boletim cultural da Guiné, ano XXVII, n° 105 (1972), p. 123-203  (web)
  • T. Bentley Duncan, Atlantic Islands: Madeira, the Azores and the Cape Verdes in Seventeenth-Century Commerce and Navigation, Chicago: University of Chicago Press, 1972, 308 p.
  • António Carreira, As companhias Pombalinas de Navegação. Comércio e tráfico de escravos entre a Costa africana e o Nordeste brasileiro, Porto: Imprensa portuguesa, 1969, 565 p.
  • A. Margarido, "L'archipel du Cap Vert: perspectives politiques", Revue française d'études politiques africaines, n° 25 (1968), p. 52-83
  • Avelino Teixeira da Mota, "A primeira visita de um governador das ilhas de Cabo Verde à Guiné: António Velho Tinoco, c. 1575", Ultramar: revista da comunidade portuguesa e da actualidade ultramarina internacional, ano VIII, n° 32 (1968), p. 57-69
  • Avelino Teixeira da Mota, "Ilha de Santiago e Angra de Bezeguiche, escalas da carreira da Índia", Do tempo e da história, n° 2 (1968), p. 141-149
  • June Dicker, Kinship and Ritual Kinship among Cape Verdeans in Providence  (dissertation Master), 1968, n/a p.
  • Henrique Pinto Rema, "A primeira missão franciscana da Guiné (séculos XVII-XVIII)", Boletim cultural da Guiné Portuguesa, ano XXIII, n° 89-90 (1968), p. 89-156  (web)
  • António Carreira, "A Guiné e as ilhas de Cabo Verde. A sua unidade historica e populacional", Ultramar: revista da comunidade portuguesa e da actualidade ultramarina internacional, ano VIII, vol. 4, n° 2 (1968), p. 70-98
  • António Carreira, "Cabo Verde e a Guiné e a Companhia do Grão Pará e Maranhão: um documento inédito para a sua história", Boletim Cultural da Guiné Portuguesa, ano XXII, nº 87/88 (1967), p. 309-324 p.  (web)
  • António Carreira, "Crises em Cabo Verde nos séculos XVI e XVII", Geografica, ano II, n° 6 (04/1966), p. 34-46
  • anonyme, "A diocese de Cabo Verde e o clero de Goa", Studia: revista semestral, n° 19 (1966), p. 93-118
  • Ilídio do Amaral, Santiago de Cabo Verde. A terra e os homens, Lisboa: Junta de investigações do Ultramar, 1964, n/a p.  (coll. Memórias, n° 48)
  • António Brásio, "Ainda a promoção sacerdotal do Africano", Portugal em África: revista de cultura missionária, ano XX, n° 116 (1963), p. 135-155
  • Charles Verlinden, "António de Noli e a colonização das ilhas de Cabo Verde", Revista da faculdade de Letras, n° 7 (1963), p. 28-45
  • António Duarte Brásio, Descobrimento, povoamento e evangelização do arquipélago de Cabo Verde: studia, Lisboa: Centro de estudos históricos ultramarinos, 1962, p. 49-97 (col. n° 10)
  • Orlando Ribeiro, "Primórdios da ocupação das ilhas de Cabo Verde", in Aspectos e problemas da expansão portuguesa, Lisboa: Junta de investigação do Ultramar, 1962, n/a p.  (coll. Centro de Estudos políticos e sociais, n° 59)
  • Garcia de Orta, ano IX, n° 1 (1961):
  1. A. Teixeira da Mota, "Cinco séculos de cartografia das ilhas de Cabo Verde", p. 11-16
  2. A. H. de Oliveira Marques, "Gaspar Frutuoso e a colonização de Cabo Verde", p. 27-30
  • José de Oliveira Boleo, "Novos subsídios para a historia da fundação do Mindelo", Cabo Verde: boletim de propaganda e informação, ano XI, n° n/a (02/1960), p. n/a
  • "Arquivo histórico militar, 2a divisão: campanhas e expedições ultramarinas: catálogo do fundo documental da Guiné, de Cabo Verde e de Macau", Boletim do Arquivo histórico-militar, n° 28 (1958), p. 381-385
  • Luís de Bivar Guerra, "A sindicância do desembargador Custódio Correia de Matos às ilhas de Cabo Verde em 1753 e o regimento que deixou à ilha de São Nicolau", Studia: revista semestral, n° 2 (1958), p. 165-302
  • A. Sarmento / J. J. Pais de Morais / N. Alves Morgado, "A população de Cabo Verde: ensaio de analyse demografica", Garcia de Orta: revista da Junta de missões geográficas e de investigações do Ultramar, ano V, n° 1 (1957), p. 11-41
  • Orlando Ribeiro, "As ilhas de Cabo Verde no principio do século XIX", Garcia de Orta: revista da Junta de missões geográficas e de investigações do Ultramar, n° 4 (1956), p. 605-634
  • Orlando Ribeiro, "Primórdios da ocupação das ilhas de Cabo Verde", Revista da faculdade de Letras, ano XXI, n° 1 (1955), p. 92-122
  • A. Mendes Correia, Ultramar português: ilhas de Cabo Verde, Lisboa: Agência geral do Ultramar, 1954, n/a p. 
  • Francisco Leite de Faria, "A primeira missão dos capuchinhos em Cabo Verde", Colectânea de estudos, ano V, n° 2 (1954), p. 57-106
  • José de Oliveira Boléo, "Novos subsídios para a história da fundação de Mindelo (Cabo Verde)", Garcia de Orta: revista da Junta de missões geográficas e de investigações do Ultramar, ano I, n° 2 (1953), p. 229-242
  • António Brásio, "Os padres de Libermann em Angola e Cabo Verde", Portugal em África: revista de cultura missionária, ano IX, n° 49 (1952), p. 34-44
  • Manuel Nascimento Serra, "S. Vicente, um pouco da sua história", Cabo Verde: boletim de propaganda et informação, ano I, n° 7 (04/1950), p. n/a
  • José Ariaga Barreiros, "Notícia histórica sobre o descobrimento de Cabo Verde", Anais Club militar naval  (Lisboa), t. 77, n° 1-2 (01-02/1947), p. 13-26
  • António Brásio, "O padre António Vieira e as missões de Cabo Verde", Portugal em África: revista de cultura missionária, ano III,n° 17 (1946), p. 298-305
  • Eduardo Pessoa Domingos, "Impressões de S. Vicente", Turismo  (Lisboa), n° 65 (11-12/1945), p. n/a
  • Derwent S. Whittlesey, "Dakar and the other Cape Verde Settlement", Geographical Review, vol. 31, n° 4 (1941), p. 609-638
  • Agostinho Vieira, Ilhas de Cabo Verde: parcelas do império, impressão de viajem, notas históricas e apontamentos folclóricas, Lisboa: s.n., 1940, n/a p.
  • Simão Barros, Ensaio sobre a história económica de Cabo Verde, Lisboa: Edições Hesperitanas, 194?, 2 vol. 24p. +46 p.
  • Jaime Cortesão, Cartas de achamento das ilhas de Cabo Verde de Valentim Fernandes (1506-1508), Lisboa: Agência geral das Colônias, 1939, n/a p.
  • A. Fontouro da Costa, Cartas das ilhas de Cabo Verde de Valentim Fernandes (1506-1508), Lisboa: n/a, 1939, n/a p.
  • A. Fontouro da Costa, Sobre a nova versão do descobrimento da ilha de Santiago de Cabo Verde, Lisboa: Academia das ciências, 1938, n/a p.
  • René Musset, "Les îles du Cap Vert", Annales de géographie, n° 259 (1937), p. 88-90  (web)
  • Auguste Chevalier, "Le peuplement et la géographie économique de l'archipel du Cap Ver", Bulletin de l'Association de géographes français, 12e année, n° 86 (03/1935), p. 60-64  (web)
  • Armando Zuzarte Cortesão, Subsídios para a história do descobrimento da Guiné e Cabo Verde, Lisboa: Agência geral das Colónias, 1931, 39 p., 23 cm.: separata do Boletim da Agência geral das Colónias
  • João Gomes da Fonseca, "Breve notícia sobre o fomento de Cabo Verde", Boletim da Agência geral das colónias, n° 45 (03/1929), p. 104-135
  • António de Almeida, "A Colónia de Cabo Verde nas suas relações comerciais com a Metrópole, as Colónias Portuguesas e o estrangeiro, antes e depois da guerra", Boletim da Agência geral das colónias, ano V, n° 45 (1929), p. 67-103  web)
  • João Almeida, "O Porto Grande de S. Vicente de Cabo Verde", Boletim agência geral das colónias  Lisboa), n° 3-5 (1925), p. n/a
  • Simão Barros, Origens da colónia de Cabo Verde, Lisboa: Edições Cosmos, 1922, n/a p.  (coll. Cadernos coloniais, n° 56)
  • Immanuel Friedlander, Subsídios para o conhecimento das ilhas de Cabo Verde, Lisboa: Sociedade de geographia de Lisboa, 1914, n/a p.  (trad. de A.J. Garcia Guerreiro)
  • António Duarte da Graça, Cabo Verde: quatro mezes e meio de uma administração ultramarina a Pontapés ou a administração do Sr. Marinha de Campos, Lisboa: Imprensa de Manuel Lucas Torres, 1911, n/a p.
  • F. Swanzy, "A French Voyage to West Africa in 1666-1667", Journal of the Royal African Society, vol. 7, n° 26 (01/1908), p. 190-204
  • Cristiano José de Sena Barcelos, Subsídios para a história de Cabo Verde e Guiné: memória apresentada à Academia real das sciências de Lisboa, Lisboa: Typografia da Academia real das sciências, 1899-1913, 8 vol. (7 partes), 2'186 p.
  • Honorio 2.o, "A mudança da capital", Revista de Cabo Verde, n° 16 (11/1899), p. 3-4
  • Revista de Cabo Verde, n° 15 (10/1899):
  1. P.e António da Costa, "Fomento colonial: resposta á circular do Ministerio da marinha (continuado do n° 10)", p. 5-6
  2. Borlido Martins, "A vida de Portugal e suas colonias", p. 6-7
  • Joberal, "A mudança da capital", Revista de Cabo Verde, n° 13 (09/1899), p. 4-5
  • Revista de Cabo Verde, n° 12 (08/1899):
  1. Silva Campos, "Praia e S. Vicente", p. 1-2
  2. Luis Loff de Vasconcellos, "A mudança da capital", p. 2
  3. Eugénio Tavares, "A mudança da capital", p. 7-8
  • Revista de Cabo Verde, n° 10 (07/1899):
  1. A., "A mudança da capital", p. 2-4
  2. Borlido Martins, "A vida de Portugal e suas colonias", p. 6-7
  3. A. de A. (Souto Maior), "Legislação ultramarina", p. 7
  4. P.e António da Costa, "Fomento colonial"; p. 7-8
  • Revista de Cabo Verde, n° 9 (07/1899):
  1. Eugénio Tavares, "A mudança da capital", p. 4-6
  2. Borlido Martins, "A vida de Portugal e suas colonias", p. 9-11
  3. ​A., "A crise de Cabo Verde", p. 11-12
  • Eugénio Tavares, "A mudança da capital", Revista de Cabo Verde, n° 8 (06/1899), p. 3-7
  • Revista de Cabo Verde, n° 7 (05/1899):
  1. Luis Loff de Vasconcellos, "A mudança da capital", p. 1-2
  2. A., "A mudança da capital", p. 3-4
  3. Viriato Fonseca, "Protestos", p. 4-6
  4. "População de Cabo Verde: 1897", p. 6
  5. Borlido Martins, "A vida de Portugal e das suas colonias", p. 6-7
  • Revista de Cabo Verde, n° 6 (05/1899):
  1. anonyme, "Reformas no Ultramar", p. 1
  2. A., "Questão da mudança da capital", p. 1-2
  3. anonyme, "Fomento colonial", p. 3-5
  4. Silva Campos, "Reformas", p. 5
  5. Borlido Martins, "A vida de Portugal e das suas colonias", p. 5-7
  6. ​Eugénio Tavares, "Ad petum sensum", p. 7-8
  7. José Lopes da Silva, "Telhados de vidro", p. 10-11
  • Silva Campos, "A mudança da capital", Revista de Cabo Verde, n° 5 (04/1899), p. 3-4
  • Revista de Cabo Verde, n° 4 (04/1899):
  1. anonyme, "A mudança da capital", p. 1-2
  2. E.R.M., "A creação de uma comarca em S. Vicente", p. 3-4
  3. A. de A. (Souto Maior), "Saneamento e colonisação", p. 4-5
  4. Eugénio Tavares, "A venda das colonias", p. 5
  • Borlido Martins, "A vida de Portugal e das suas colonias", Revista de Cabo Verde, n° 3 suplemento (03/1899), p. 3-4
  • Revista de Cabo Verde, n° 3 (03/1899):
  1. anonyme, "A creação de uma comarca em S. Vicente", p. 74
  2. anonyme, "O fomento colonial", p. 75-76
  3. J.B., "Cabo Verde na vanguarda das colonias portuguezas", p. 88-89
  • Leonardo Fea, "Dalle isole del Cabo Verde. Lettera al Presidente della Società", Bolletino della Società geografica italiana, n° 13 (1898), p. 302-312
  • Diogo Gomes, "As relações do descobrimento da Guiné e das ilhas dos Açores, Madeira e Cabo Verde", Boletim da sociedade de geografia de Lisboa, ano XVII, n° 5 (1895), p. 265-293
  • Joaquim Vieira, "A ilha de S. Vicente de Cabo Verde (1886-1891): relatório", Boletim da sociedade de geografia de Lisboa, ano XIV, n° n/a (1895), p. 895-945
  • Lino de Assunção, "Exploração á África nos ineditos da Biblioteca de Evora", Boletim da sociedade de geografia de Lisboa, ano V, n° 6 (1885), p. 350-376
  • "Îles du Cap Vert", Le globe: revue genevoise de géographie, n° 7 (1868), p. 47  (web)
  • W. Winwood Reade, "Travels in Western Africa", Proceedings of the Royal Geographical Society of London, vol. 7, n° 3 (1862-1863), p. 106-108
  • Nicodemos dos Reis, "Curiosidades historicas",  in António Manuel da Costa Teixeira  (dir.), Almanach luso-africano ilustrado para 1895..., Coimbra: Edições Almedina, 1894 (reprint: Lisboa: CLEPUL, 2011), p. 132-133
  • João José Lopes de Lima, Ensaio sobres estatisticas das ilhas de Cabo Verde no mar Atlântico e suas dependências na Guiné Portuguesa ao Norte do Equador, Lisbon: Imprensa nacional, 1844, n/a p.
  • José Carlo Chelmicki, Corografia cabo-verdiana ou descripção geographico-historica da província das ilhas de Cabo-Verde e Guiné..., Lisboa: Typ. de L. C. da Cunha, 1841  web)
  • Samuel Brunner, Reise nach Senegambien und den Inseln des Grünen Vorgeburges in Jahre 1838, Bern (CH): J. Körber, 1840, 390 p.
  • João da Silva Feijó, "Ensaio económico sobre as ilhas de Cabo Verde (1797)", Memorias economicas da Academia real das sciencias de Lisboa, para o adiantamento da agricultura, das artes, e da industria em Portugal, e suas conquistas, t.  5 (1815), p. 171-193
  • João da Silva Feijó, "Ensaio político sobre as ilhas de Cabo Verde para servir de plano à história filosófica das mesmas", O patriota: jornal literário, político, mercantil do Rio de Janeiro, n° 5 (11/1813), p. 23-32

De l'Indépendance en 1975 à aujourd'hui

Bibliographie


  • Ângela Sofia Benoliel Coutinho, Os dirigentes do PAIGC: a fundação à rutura  1956-1980, Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2017, 320 p.
  • Nauja Kleist / Dorte Thorsen (ed.), Hope and Uncertainty in Contemporary African Migration, New York: Routledge, 2017, 199 p.
  • Eufémia Vicente Rocha, "O imigrante oeste-africano como o indesejável? Acerca do processo de racialização em Cabo Verde", Mediações: revista de Ciências sociais, vol. 22, n° 1 (2017), p. 105-129 (web)
  • Eduarda Rovisco, "Da resistência africanista ao suvenir africano: artesanato, nação e fantasmagoria na ilha da Boa Vista, Cabo Verde", Etnográfica, vol. 21, n° 1 (2017), p. 5-26  (web)
  • Germán Santana Perez, "Acção espanhola e praças atlánticas portuguesas em Africa depois da independência portuguesa: lealdade, ruptura ou interesse", Estudos ibero-americanos, vol. 43, n° 1 (2017), p. 159-171  (web)
  • Ângela Sofia Benoliel Coutinho, "The Participation of Cape Verdean Women in the National Liberation Movement of Cape Verde and Guinea-Bissau (1956-1974): the Pioneers", Africa in the World  (Dakar), n° 2 (2017), [30 p.]  (web)
  • Cláudio Alves Furtado, "Cabo Verde e as quatro décadas de independência: dissonâncias, múltiplos discursos, reverberações e lutas por imposições de sentido à sua história recente", Estudos ibero-americanos, vol. 42, n° 3 (2016), p. 855-887  (web)
  • Victor Andrade Melo, "O golfe e os rumos do Cabo Verde independente", Estudos ibero-americanos, vol. 42, n° 3 (2016), p. 888-912  (web)
  • João Paulo Madeira, "A construção da Nação cabo-verdiana: dimensões objetivas e subjetivas", Revista de estudos cabo-verdianos, vol. 1 (2016), p. 51-58
  • Ângela Sofia Benoliel Coutinho, “O liceu Gil Eanes e os nacionalistas cabo-verdianos, Novas Letras - Revista de Letras Arte e Cultura  (Praia), nº 1 (2016), p. 50 - 64
  • Ângela Sofia Benoliel Coutinho, “A importância da experiência migratória nas trajectórias dos dirigentes cabo-verdianos do P.A.I.G.C. (1956 – 1980)”, in Iolanda Evora (org.), Diáspora cabo-verdiana: temas em debate, Lisboa: CEsA/ISEG, 2016, p. 73 -87
  • Jacqueline Knörr / Christoph Kohl (ed.), The Upper Guinea Coast in Global Perspective, New York: Berghahn Books, 2016:
  1. Pedro F. Marcelino, "The African other in the Cape Verde Islands. Interaction, Integration and the Forging of an Immigration Policy", p. n/a 
  2. Heike Drotbohm, "Celebrating Asymmetries. Creole Stratification and the Regrounding of Home in Cape Verdean Migrant Return Visits", p. n/a
  • Andréa Souza de Lobo, "Construindo paisagens e pessoas: colonzição, espaço e identidades em Cabo Verde", Anuário antropológico  (online), n° 2 (2015), p. 121-150   (web)
  • Irene Santos da Cruz, Filosofias da imigração: fronteiras abertas versus fronteiras fechadas, Praia: Edições Uni-CV, 2015, 309 p.
  • collectif, O adeus ao império: 40 anos de descolonização portuguesa, Lisboa: Vega, 2015, 257 p.
  • Luís Miguel Pereira Farinha, "O plano rodoviário de Cabo Verde de 1962: genése e evolução", Revista portuguesa de História, vol. 46 (2015), p. 327-348
  • Lisa Akesson, "Obstacles and Openings: Returnees and Small-Scale Businesses in Cape Verde", in Lisa Akesson / Maria Eriksson Baaz, Africa's Return Migrants: the New Developers, London: Zed Books, 2015, p. n/a
  • Maria de Fátima Fernandes (dir.), Revista de estudos cabo-verdianos. Número especial - ATAS: II encontro internacional de reflexão e investigaçõ (Praia, 15-16/05/2014), Praia: UniCV, 2014, 180 p.  (web)
  • collectif, As relações externas de Cabo Verde: (re)leituras contemporâneas, Praia: Edições ISCJS - FDJ, 2014, 454 p.
  • Luca Bussotti / Severino Elias Ngoenha (ed.), Capo Verde dall'indipendenza a oggi. Studi post-coloniali / Cabo Verde da independência a hoje. Estudos pós-coloniais, Torino: Aviani, 2011, 230 p.
  • Nos Genti - Cabo Verde: negócios, pessoas e empreendedorismo, n° 4 especial (09/2012), 207 p. + 1 cd audio: Independência nacional, 37 anos depois
  • Eufémia Vicente Rocha, "Perspectivas de desenvolvimento a partir de dentro: o caso de Cabo Verde no contexto da África Ocidental", Africana studia: revista internacional de estudos africanos, n° 18 (2012), p. 117-134
  • Samuel Weeks, "As You Receive with one Hand, so Should You Give with the Otger". The Mutual-Help Practices of Cape Verdeans on the Lisbon Periphery, Lisbon: ICS, 2012, 85 p.  (web)
  • José Vicente Lopes, Aristides Pereira: minha vida, nossa história, Praia: Spleen Edições, 2012, 493 p.
  • Georgiana Pop, "Cape Verde", in Sanket Mohaptra / Dilip Ratha (ed.), Remittance Markets in Africa, New York: World Bank Publications, 2011, p. 91-111
  • Antoine Acker, "Entre deux drapeaux: les ouvriers capverdiens  au Portugal pendant la période révolutionnaire (1974-1976)", Cadernos de estudos africanos, n° 21 (2011), p. 123-145
  • Maria Emília Catela / Manuel Brito Semedo (ed.), Investigação cientifica e integração regional: realidade e perspectivas, Praia: Instituto de África ocidental (IAO) / IBNL, 2011, 560 p.
  • Maria Adriana Sousa Carvalho, O Liceu em Cabo Verde: um imperativo de cidadania (1917-1975), Praia: Edições UniCV, 2011, 510 p.
  • Iva Maria Cabral / Cláudio Furtado / Yann Guillaud (ed.), Les États-Nations face à l'intégration régionale en Afrique de l'Ouest: le cas du Cap Vert, Paris: Karthala, 2010, 179 p.
  • Carlos Jorge Silva Mendes, O museu da Resistência: museu transnacional  (dissertação de mestrado), Porto: Universidade do Porto, 2010, 112 p.  (web)
  • Leila Maria Gonçalves Hernandez / Renato Cardoso (ed.), Memória e história: administração para o desenvolvimento (1980-1990), (Praia): Secretaria de Estado da administração pública, 2010, 450 p. + 1 CD
  • João Sardinha, "Identity, Integration and Associations. Cape Verdeans in the Metropolitain Area of Lisbon", in Identity Processes and Dynamics in Multi-Ethnic Europe, Amsterdam: Amsterdam University Press, 2010, p. 233-256
  • José Vicente Lopes (ed.), Tarafal - Chão Bom: memórias e verdades, Praia: Instituto da investigação e do património culturais (IIPC), 2010, 2 vol., 249 (estudos) +  390 p. (entrevistas): réédition: 2012
  • Alberto Rui Machado, "O associativismo cabo-verdiano em Portugal: da Casa de Cabo Verde aos tempos de hoje", Revista Migrações, n° 6 (2010), p. 241-250
  • Migração em Cabo Verde - Perfil nacional 2009, Geneva: International Organization for Migration (IOM), 2009, n/a p.
  • Katherine Carter / Judy Aulette, Cape Verdean Women and Globalization. The Politics of Gender, Culture, and Resistance, New York: Palgrave Macmillan, 2009, 196 p. 
  • Victor Barros, Campos de concentração em Cabo Verde: as ilhas como espaços de deportação e de prisão no Estado Novo, Coimbra: Impresa da Universidade de Coimbra, 09/2009, 221 p.
  • Jorgen Carling / L. Akesson, "Mobility at the Heart of a Nation. Patterns and meanings of Cape Verdean Migration", International Migration, vol. 47, n° 3 (2009), p. 123-155  (web)
  • Ângela Sofía Benoliel Coutinho, "Imaginando o combatente ideal do PAIGC: a construção dos heróis nacionais na imprensa do pós-independência na Guiné-Bissau e em Cabo Verde", in Luís Reis Torgal / Fernando Tavares Pimenta / Julião Soares Sousa (ed.), Comunidades imaginadas: nação e nacionalismos em África, Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra, 2008, p. 173-180  (web)
  • Patricia Gomes, "The International Relations in the Politics of the Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde", Portuguese Journal of Social Science, vol. 7, n° 2 (2008), p. 115-130  (web)
  • Luis Batalha / Jorgen Carling (ed.), Transnational archipelago: Perspectives on Cape Verdean migration and diaspora, Amsterdam: Amsterdam University Press, 2008, 304 p. (web)
  • Aminah Nailah Pilgrim, "Free Men Name Themselves": Cape Verdeans in Massachusetts Negotiate Race (1900-1980), New Brunswick (New Jersey): A. N. Pilgrim, 05/2008, 171 p.  web)
  • Antero da Conceição Monteiro Fernandes, Guiné-Bissau e Cabo Verde: da unidade à separação, Porto: Universidade do Porto, 2007, n.p. (138 p.)  (web)
  • Suzano Ferreira Costa, "Cabo Verde e a integração europeia: a construção ideológica de um espaço imaginário", in A juventude e a promoção da cultura de investigação, Lisboa: Associação de Jovens investigadores cabo-verdianos (AJIC), 2007, p. 27-62
  • Gabriel Fernandes, Em busca da nação: notas para uma reinterpretação do Cabo Verde crioulo, Florianópolis (Brasil): Editora da UFSC / Praia: IBNL, 2006, 285 p.
  • Ângela Sofia Benoliel Coutinho, Les dirigeants du PAIGC, parti africain pour l'indépendance de la Guinée-Bissau et du Cap Vert: des origines à la scission: étude de parcours individuels, de stratégies familliales et d'idéologies  (thèse de doctorat), Paris: Université Paris 1, 2005, 4 vol., 641 f.
  • João Estêvão, "O desenvolvimento de Cabo Verde e o modelo de integração económica internacional", Estratégia: Cabo Verde - um caso insular nas relações Norte-Sul, n° 20 (2004), p. 139-157
  • "Espólio do Governo de transição de Cabo Verde", Boletim dos arquivos nacionais, n° 5 (2003), p. 5
  • José Vicente Lopes, Cabo Verde as causas da independência e o estado e a transição para a democracia na África lusófona, Praia: Spleen Edições, 2003, 126 p.
  • Gabriel Fernandes, A diluição da África: uma interpretação da saga identitária da identidade cabo-verdiana no panorama político pós colonial, Florianópolis (Brazil): Editora da UFSC, 2002, 253 p.
  • Françoise Massa, Cap Vert - 25 ans (actes du colloque des 19-20 octobre 2000, Université de Haute-Bretagne-Rennes 2), Rennes: Université de Hautre-Bretagne Rennes 2, 2002, 172 p.
  • Mário Lima / Osvaldo Lopes da Silva, "Factos históricos decorrentes da independência nacional: ideias, acções e depoimentos", Artiletra: JORE / Jornal revista de educação, ciência e cultura, ano XI, n° 47-48 (10-11/2002), p. 16-17 + 22
  • Martinho de Mello Andrade, "Agostinho Neto em Cabo Verde", Artiletra: JORE / Jornal revista de educação, ciência e cultura, ano XI, n° 45 (05-06/2002), p. 22
  • Euclides Fontes, "Velhinho Rodrigues: um combatente da Independência nacional", Artiletra: JORE / Jornal revista de educação, ciência e cultura, ano X, n° 43-44 (03-04/2002), p. 26
  • Peter Meyns, "Cape Verde, an African Exception", Journal of Democracy, vol. 13, n° 3 (2002), p. 153-165
  • KCultura: revista de estudos cabo-verdianos, n° especial (09/2001):
  1. José Vicente Lopes, "As origens histórica da reivindicação da independência", p. 9-25
  2. António Leão Correia e Silva, "O nascimento do leviatã crioulo. Esboços de uma sociologia política", p. 27-37
  3. Cláudio Furtado, "A participação da sociedade civil na consolidação da Independência", p. 39-47
  4. Wladimir Brito, "O processo constitucional cabo-verdiano", p. 49-56
  • Andréa de Souza Lobo, Seca, chuva e luta: reconstruindo a paisagem em Cabo Verde  (dissertação de mestrado), Brasília: Universidade de Brasília, 2001, n/a p.
  • J. Reene, "Cabo Verde: Recent History", Africa South of the Sahara, London: Europa Publications Ltd, 1999, p. 276-287
  • Isabel Brigham, Estudo de caracterização da comunidade cabo-verdiana residente em Portugal, Lisboa: Embaixada de Cabo Verde, 1999, 281 p.7
  • Eduardo Sarmento Ferreira, Reflexão sobre o modelo de desenvolvimento cabo-verdiano, Lisboa.: CEsA, 1998, 19 p. (Documento de trabalho, n° 52)  (web)
  • Eduardo Ferreira, O papel das infraestruturas e sistemas de transportes (aéreo, marítimo e rodovário) no desenvolvimento de Cabo Verde  (tese de mestrado), s.l.: ISEG, 1997, n/a p.
  • João Estêvão, "Bases metodológicas para uma abordagem do desenvolvimento cabo-verdiano", in II encontro de economistas de língua portuguesa, Rio de Janeiro: Instituto de economia industrial - UFRJ, 1995, p. 355-361
  • Eduardo C. Cordeiro Gonçalves, "Sobre o comércio externo de Cabo Verde na conjuntura de 1960-1973: breves nótulas", Africana, n° 14 (1994), p. 25-40
  • Michel Lesourd, "Insularisme et développement en République du Cap Vert", Lusotopie: Géopolitique des mondes lusophones  (Paris), n° 1-2  (1994), p. 113-133  (web)
  • Michel Lesourd, "Le problème du contrôle territorial dans les petits espaces: l'exemple de la République du Cap Vert, micro État insulaire", in L'État et les stratégies du territoire, Paris: CNRS, 1991, p. n/a  (coll. Mémoires et documents de géographie)
  • R. Uaene, "Guerra impede democratização rápida", Tempo, n° 1'068 (03/1991), p. 4-7
  • Alberto Carvalho, "O equilíbrio cultural em Cabo Verde", Tribuna  (Praia), n° 46 (08/1990), p. 23
  • A. da Rocha, "As transformações económicas ocorridas em Cabo Verde: notas para um debate", Revista internacional de estudos africanos, n° 8-9 (1988), p. 193-217
  • Jeanne et Eric Makédonsky, "Les petites îles", Politique africaine, n° 27 (1987), p. 114-119  (web)
  • Craig N. Murphy, "Learning the National Interest in Africa: Focus on Cape Verde", Transafrica Forum, vol. 4, n° 2 (1987), p. 49-64
  • Adelino Gomes, "Cape Verde: Making its own Rain Fall", Africa Report, vol. 31, n° 1 (01-02/1986), p. 21-23
  • Margaret A. Novicki, "Aristide Pereira, President of Cape Verde: interview", Africa Report, vol. 28, n° 6 (11-12/1983), p. 43-46
  • Maria Luisa Nunes, A Portuguese Colonial in America. Belmira Nunes Lopes, the Autobiography of a Cape Verdean-American, Pitsburgh: Latin American Literary Review, 09/1982, 224 p.
  • Basil Davidson, "No Fist is Big Enough to Hide the Sky: Building Guinea-Bissau and Cape Verde", Race and Class, vol. 23, n° 1 (1981), p. 43-64
  • Patrick Chabal, "Guinée-Bissau, Cap Vert: histoire et politique", Le mois en Afrique: revue française d'études politiques africaines, vol. 16, n° 190-191 (1980), p. 119-139
  • Hugues Jean de Dianoux, "La Guinée-Bissau et les îles du Cap Vert", Afrique contemporaine, vol. 19, n° 107 (1980), p. 1-16
  • Hugues Jean de Dianoux, "La Guinée-Bissau et les îles du Cap Vert en 1979", Mondes et cultures, vol. 39, n° 4 (1979), p. 731-757
  • Basil Davidson, "Mass Mobilization for National Reconstruction in the Cape Verde Islands", Economic Geography, vol. 53, n° 4 (10/1977), p. 393-396
  • Tony Hodges, "Cape Verde under the PAIGC", Africa Report, vol. 22, n° 3 (05-06/1977), p. 43-47
  • Basil Davidson, "Guinea-Bissau and the Cape Verde Islands: the Transition from War to Independence", Africa Today, vol. 21, n° 4 (1974), p. 5-22
  • Barbara Cornwall, The Bush Rebels: a Personal Account of Black Revolt in Africa, New York / London: Holt Rinehart and Winston / André Deutsch Ltd, 1972, 252 p.
  • Salahudin Omowale Matteos, "The Cape Verdeans and the PAIGC Struggle for National Liberation", Ufahamu, vol. 3, n° 3 (1972), p. 43-48
  • R.H. Chilcote, "Nationalist Documents on Portuguese Guiné and Cape Verde Islands and Mosambique", African Studies Bulletin, vol. 10, n° 1 (1967), p. 22-42  (web)

haut